Como a garrafa PET é transformada em camisa polo?

Capa-para-blog-ecoline

O poliéster feito de garrafa PET reciclada é uma das matérias primas utilizadas na Polo Salvador para confecção das camisas polo da linha Ecoline, produzida também com algodão. A reciclagem estende a vida útil dos produtos e evita o aumento da produção de lixo, por exemplo, contribuindo para a preservação do meio ambiente.

Mas como a garrafa PET é transformada em tecido? É isso que você aprender agora:

Inicialmente, depois de recolhidas – normalmente por cooperativas e empresas de reciclagem -, as garrafas PET passam pelos processos de lavagem e secagem para, posteriormente, serem moídas. Dessa forma serão obtidos os flocos, mais conhecidos como flakes, que serão derretidos em alta temperatura para eliminação dos resíduos.

Na sequência, o material é resfriado com água e vai para um equipamento onde é feito o processo de granulação. Após essa etapa, o produto retorna para uma temperatura elevada para virar uma pasta e passar por uma extrusora contendo microfuros que separam o material em fibras e, por fim, passam por um processo de secagem. Assim, o fio de PET está pronto para ser utilizado na tecelagem, em conjunto ao fio de algodão, tornando-se um tecido. Por fim, recebe a cor desejada no setor de tingimento e o tecido pronto para virar uma camisa polo.

Gostou desse texto? Compartilhe nos seus canais e acesse outros conteúdos nas nossas mídias sociais!

Fale conosco pelo Whatsapp